29 setembro 2012

O Menino do Pijama Listrado

Posted by Blog Café Contexto On 18:29 2 comments

O Menino do Pijama Listrado 
 (The Boy in the Striped Pijamas, 2008) 
                                                  
O título se refere à história do filho de um militar alemão, promovido a chefe em um desses campos de concentração, que marcaram um período da história de grupos que pereceram sob o julgo dos nacionalistas-socialistas, oficialmente, assim denominados na Alemanha .

De um lado, a crueldade do nazismo em plena Segunda Guerra Mundial e do outro, a inocência de Bruno (Asa Butterfield). O filme, escrito e dirigido pelo inglês Mark Herman, foi baseado no livro de John Boyne e traz em cena  os elementos dramáticos do holocausto, conduzido em meio às expectativas de um garoto diante da não-compreensão dos fatos que o cercam.

Com emoção, o longa apresenta uma análise das atrocidades cometidas na 2ª Guerra, dividindo o mundo e as opiniões e todo sofrimento por ela causado. Em uma linguagem, tipicamente poética e metalinguística, considerando a poeticidade, o mundo subjetivo do protagonista em suas reflexões e o tratamento que é dado à reprodução fotográfica para se referir ao extermínio de milhões de pessoas que faziam parte de grupos, politicamente indesejados pelo então regime nazista fundado por Adolf Hitler, temos na sessão inicial, um filme histórico, com possibilidades de análise literária, correlacionadas às funções de linguagem, que constituem o conteúdo básico do meu cronograma em sala para  outubro. É o cinema na sala de aula, entrecruzando linguagens e enriquecendo nossas práticas sociolinguísticas.

Bom filme e boa resenha crítica, a nossa próxima produção textual. Vocês merecem !!!

Aproveito para desejar boas- vindas aos alunos do curso de Design de Móveis. Uma nova turma e boas perspectivas.
                                      Um abraço da professora Marília.


2 comentários :

professora marília, a senhora é show de bola. amo muito tudo isso.
Lucas

Lindo filme, professora. Adorei!Beijin.

Postar um comentário

O Café Contexto agradece a sua visita!

Café Expresso